Início

NOTÍCIAS
IMPRENSA

08/02/2016

Timor-Leste entregou hoje um donativo de 225 mil euros à Guiné-Bissau para que o país organize um encontro nacional de reconciliação, ainda sem data marcada, mas com uma comissão organizadora empossada desde maio de 2015.


 "Temos muita vontade de participar, de contribuir para a reconciliação desta terra de que nós, timorenses, gostamos muito", referiu Alberto Carlos, diretor da Agência de Cooperação de Timor-Leste na Guiné-Bissau.

 
O dirigente falava hoje na cerimónia de entrega do donativo, realizada na sala da comissão organizadora do encontro de reconciliação, no edifício da Assembleia Nacional Popular (ANP), em Bissau.
 
"O futuro e o bem-estar deste povo estão nas mãos dos seus cidadãos, nós estamos só a apoiar", acrescentou.
 
O valor hoje entregue corresponde a metade do fundo prometido por Timor-Leste na mesa de doadores da Guiné-Bissau, realizada em Bruxelas, em março de 2015.
 
O padre Domingos da Fonseca, que preside à comissão de 32 pessoas que vão trabalhar na preparação da Conferência Nacional, enalteceu a importância do donativo.
 
"Vamos realizar essa conferência para que a Guiné-Bissau opte pelo caminho da reconciliação indispensável", sublinhou.
 
A Agência de Cooperação de Timor-Leste foi criada desde que o país apoiou a realização das eleições gerais guineenses em 2014.
 
A comissão para a organização da conferência de reconciliação foi criada em 2010, mas os trabalhos foram interrompidos com o golpe de Estado de 2012, para serem retomados em 2015, mas com novas figuras.
 
Entre elas estão académicos, dirigentes de organizações da sociedade civil, deputados, militares e juristas.
 
LFO // VM

Lusa/Fim



Imprensa
Notícias, Revista de imprensa, Entrevistas,
Fotos, Audio e Vídeo








Próximos eventos

 

13.06.2016

Encontro com Ministro dos Negócios Estrangeiros do Timor-Leste


13.06.2016

Encontro com Ministro dos Negócios Estrangeiros do Timor-Leste


Contactos

 

Mapa do site     |     Política de privacidade